10 Sep
Projeto Universidade sem Fronteiras do Observatório Maringá
Lido 242 vezes | Publicado em Notícias | Última modificação em 10-09-2017 12:00:43
 
Alunos do Ensino Médio durante visita à Universidade Estadual de Maringá Crédito: ASCOM Observatório Maringá
tamanho do texto reduzir tamanho do texto aumentar tamanho do texto
Qualifique este item
(0 votos)

Alunos do nono ano de sete escolas da Rede Pública do município de Sarandi conheceram pela primeira vez o campus sede da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Essa ação, reconhecida como corriqueira para muitos, é uma das atividades estratégicas do projeto de extensão Violência na Escola, desenvolvido pelo Observatório das Metrópoles - Núcleo UEM/Maringá. O objetivo é incentivá-los à formação educacional e, dessa forma, diminuir a evasão escolar e os possíveis impactos relacionados ao processo de vulnerabilidade social e violência.

A programação de visitas foi realizada durante todo o mês de agosto e incluiu os diversos setores da universidade, núcleos de pesquisa, Biblioteca Central (BCE), museus da Bacia do Paraná (MBP) e de Geologia, além do contato com alunos dos cursos de graduação. Ao final da atividade, na sede do Observatório das Metrópoles, os integrantes do projeto e os alunos conversaram sobre a realidade vivenciada durante o dia. O resultado avaliado foi de motivação e novas expectativas relacionadas a inserção no ensino superior.

O projeto denominado originalmente de “Violência na escola e sua relação com as características sociais e espaciais: intervenção com alunos do ensino médio das escolas estaduais de Sarandi/PR” é desenvolvimento desde 2015 pelo Observatório das Metrópoles - Núcleo UEM/Maringá e é financiado pelo Programa Universidade Sem Fronteiras, da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná.

Mais informações sobre o projeto no link: https://www.facebook.com/profile.php?id=100011448354172

Conheça o Observatório de Maringá no site.


» Com informações de Lilian Chinerv, Assessoria de Comunicação do Núcleo Maringá do Observatório das Metrópoles.

 



Etiquetado como: